terça-feira, 13 de abril de 2010

Ajay

Da série Pandora*
.
Ajay colheu a paixão na caixa de Pandora
.
Pra mim, ele era deus. E nada mais, porque nada podia ser mais. Amava-o desde a primeira escuridão até a última luz da vida, dono que era de toda minha honra, de toda minha glória, por todos os séculos e séculos. Meu Adonai, meu Elohim, meu Gibbor... amor de perdição, e salvação, e perdição, onipresente em meu tempo e destempo. Eu comia de sua carne e bebia de seu sangue, rendida ao sussurro de meu nome: Ajay... gozando ao milagre de sua palavra à beira de meu corpo. No paroxismo da paixão, desejava morar em seus olhos, para olhar o mundo pela perspectiva de deus. Nos desvarios da solidão, chamava os 72 nomes pronunciáveis de deus. Mas só era atendida no tempo escolhido por deus. Prisioneira da artimanha dos seus acasos, que quase nunca eram os meus, tive minha primeira crise de fé. Como compreender que tamanho amor passasse despercebido, oculto do escrutínio divino? Que meu deus me tivesse em conta de mera paisagem em seu fabuloso quebra-cabeça? Ele podia. Ele era deus. Imortal e devotado unicamente ao seu próprio ser. Incapaz do amor além do seu santo umbigo. Quem morria era eu, de inferno e sacrifício. E foi devagar que vi se apagar o sol lilás que seguia acima de sua figura. Agora sei que deus de verdade é aquele pássaro que jamais perde o azul do vôo. Sei que foi minha a criação do amor. Sei também que, por seu poder de amar, Ajay é invencível. Aquele que amei? Pra mim, ele é um pobre diabo.
.
*Pandora é a mulher criada por Zeus para castigar os homens pela ousadia de Prometeu em roubar o segredo do fogo. Zeus deu a Pandora uma caixa, cujo conteúdo era os males que passariam a atingir a humanidade: a velhice, o trabalho, a doença, a loucura, a mentira e a paixão. Só a esperança ficou no fundo da caixa.

3 comentários:

Alexandre Alves Neto disse...

Lulih, isso parece psicografado,Ajay escrevendo por suas mãos.

Sunshine disse...

Agora faça uma oração e mande um beijo pro céu, que hoje é dia do beijo. Um beijo pra ti.

Lulih Rojanski disse...

Alex,
E é.

Sunshine,
Mandei.


Beijos...